Carregando...

Pilotos são premiados no Capacete de Ouro

10:40 - 13 de Novembro, 2017

Imprensa especializada elegeu os melhores do ano em 2017

Tradicional premiação anual do esporte a motor brasileiro, o Capacete de Ouro apontou na noite da última quarta-feira (9/11) os melhores pilotos da temporada, na opinião da imprensa especializada. Entre outras categorias, foram eleitos os três melhores nas divisões CLA AMG Cup e C 250 Cup, ambas do Mercedes-Benz Challenge. O evento também foi parte das comemorações dos 50 anos da marca AMG, braço esportivo da Mercedes-Benz, cuja tecnologia e design estão presentes em vários produtos da marca em todo o mundo.

A festa e revelação dos melhores indicados pela imprensa aconteceu no Auditório Elis Regina, no Parque do Anhembi, região norte da capital paulista. Na categoria CLA AMG Cup, o gaúcho Fernando Júnior foi o eleito para receber o Capacete de Ouro. A versão Capacete de Prata foi concedida ao paulista Betão Fonseca, com o Capacete de Bronze conquistado por José Vitte, também de São Paulo.

“Para nós, pilotos, este prêmio representa o reconhecimento de nosso empenho e compromisso na pista. Nunca havia sido indicado para esta premiação, então fiquei extremamente lisonjeado ao merecer o Capacete de Prata”, disse o vice-campeão do prêmio em 2017 na CLA AMG Cup, Betão Fonseca. “Fiquei muito honrado e feliz”, disse o paulista José Vitte, detentor do Capacete de Bronze. “Isso me motiva muito, me inspira a tentar ser um piloto melhor a cada ano. Receber este prêmio é algo sensacional mesmo”, completou.

A competição pelo Capacete de Ouro na C 250 Cup foi marcada pela disputa entre gerações. O veterano catarinense Claudio Simão acabou conquistando o prêmio máximo, com o jovem paulista de 18 anos, André Moraes Júnior, garantindo o Capacete de Prata. O terceiro lugar na eleição coube à dupla goiana Raphael Teixeira/Rodrigo Crunivel – que levaram para casa um troféu Capacete de Bronze cada um.

“É muito legal ver o trabalho reconhecido”, disse André Moraes Júnior, atual vice-líder da categoria C 250 Cup. “É um prêmio muito importante para a carreira de um piloto. Ser premiado entre tantos profissionais reconhecidos é bastante especial. É algo muito bacana, especialmente para quem ainda é jovem e está se esforçando para fazer carreira no esporte. No ano que vem vou fazer de tudo para estar entre os finalistas novamente”, completou o ganhador do Capacete de Prata da C 250 Cup.

“Acompanho este evento desde a temporada do ano 2.000. E sempre sonhei em um dia estar aqui”, disse Raphael Teixeira. “Uma premiação dessa grandeza renova o espírito da gente e faz valer a pena toda a caminhada para chegar até aqui. Estou muito feliz com a minha escolha. Agradeço a Deus, à minha família, meus patrocinadores e também à Mercedes por me proporcionarem este momento. Obrigado também ao meu parceiro, Rodrigo Crunivel, e à equipe pelo excelente trabalho que me ajudaram a fazer este ano. Valeu, parceiro!”, completou o piloto goiano.

A próxima corrida do Mercedes-Benz Challenge está marcada para o dia 19 de novembro, em Goiânia, valendo pela sétima etapa da temporada.

Compartilhe

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE